sexta-feira, 6 de março de 2009

... O perfume


… No dia seguinte ele perguntou me se eu tinha algum compromisso para o fim de semana… queria passear comigo sem rumo certo… nem que tivesse eu o teria desmarcado, este homem era uma aventura, tinha de sorver todos os momentos possíveis… só tinha de ir a casa preparar um saco de roupa depois do expediente. Andei excitadíssima toda a manhã, só me apetecia cantar . Na hora do almoço já tinha prometido sair com a E. ela queria a minha ajuda para escolher um perfume para oferecer à irmã. Apesar de eu não usar perfume, ela confiava sempre nos meus gostos. Gosto de os cheirar de passagem, não consigo ter o perfume colado a mim, quase sempre me provocava dores de cabeça, e ela sabia disso mas mesmo assim não resistiu e sem a empregada ver bombardeou me com o "Poison" de Christian Dior, que foi o meu preferido. Por onde eu passava deixava um rasto que faziam todos virarem a cabeça , enquanto ela se ria eu olhava a com vontade de a esganar. Durante a tarde o meu gabinete empestava a perfume, já começava a sentir dores de cabeça, tirei a camisola fora e fiquei em soutien, no intuito de diminuir o cheiro perto do meu nariz, felizmente era raro vir alguém ao piso 12 sem avisar. O P chegou mais tarde fiquei atenta se vinha acompanhado… vinha só… desisti de vestir a camisola… entretanto ele entrou no meu gabinete … os seus olhos brilharam… aproximou se de mim … sentiu o perfume… fez uma cara de desagrado… mas não resistiu a beijar me o pescoço e tocar me nos seios… parou de imediato e disse … “ não te sinto” … e lá expliquei o porquê do perfume… ele riu se por eu estar furiosa… aproximou se de mim … as mãos dele subiram pelas minhas pernas … agarram nas minhas cuecas… tirou as enquanto o meu coração quase que me saia pela boca… levou as minhas cuecas até ao seu nariz e disse “é deste perfume que eu gosto” e saiu levando as consigo… ai como eu amaldiçoei aquela E… eu já estava enjoada de tanto perfume… o mal não era do perfume mas da quantidade parecia que tinha tomado banho com ele, ela quis se vingar porque ela desconfiava que eu andava com alguém, tinha falhado a muitas saídas com o grupo, mas era tão bom estar com ele que até tinha medo de contar não fosse acabar o feitiço, além do mais ela queria que eu namorasse com o irmão dela… enfim… não me apetecia contar e pronto. Ao fim da tarde fomos primeiro a casa dele buscar a roupa dele, o perfume ainda persistia, fomos todo o caminho com as janelas do carro abertas , entramos à vontade em casa dele era dia de a mãe ir a casa de amigas jogar as cartas… pegou –me pela mão e começou a correr pelas escadas até chegar à casa de banho… abriu o chuveiro… e meteu me debaixo dele com roupa e tudo… aquele doido… quase sufoquei … nem esperou que a água aquecesse… entretanto ele tirou a roupa dele… a água começou a aquecer … veio para a minha beira… meu corpo estava arrepiado… eram visíveis os bicos dos meus seios… ele foi me despindo… esfregando … beijando… cheirando… por fim disse… “ agora sim já te sinto… já tinha saudades do gosto e do cheiro da tua pele”… pegou em mim ao colo… entrou em mim como eu gosto… com força… com desejo… beijando me furiosamente… limpamo-nos um ao outro… não podia voltar a vestir aquela roupa empestada em perfume… como a mãe dele não estava fomos até ao quarto da irmã que embora vivesse em Itália tinha ali o seu espaço… foi divertido tentar arranjar uma roupa que me servisse, ela tinha um corpo de modelo eu apesar de magra era mais baixa, depois seguimos para minha casa. Os meus pais já estavam habituados a eu passar fim de semana fora de casa, dormia muitas vezes em casa da E., por isso não estranharam de me verem com um saco de roupa na mão…

5 comentários:

Portaria ILEGAL disse...

Peço ao autor deste blogue assim como aos seus leitores que participem neste projecto: http://portaria-59.blogspot.com/...e- portugal.html
cumprimentos a todos.

f.a disse...

Bem...tu arrasas sem perfume e com perfume...tá visto!
Eu cá...adoro perfumes e nao saio de casa sem um.O cheiro que também adoro é o de dois corpos nus enroscados um no outro...libertam aromas fenomenais...o cheiro do amor...hummmmmm!

Patrícia disse...

Acompanho a historia destes dois desde o início... e tá cada vez melhor!


Parabéns!

(Qd não comento é só por falta de tempo... beijos)

Trolha disse...

Não demora nada é Primavera. Se andas tão encalorada mesmo com este frio, como será quando aquecer? Será que entras em ebulição?
Bj e bom fds

Paco Bailac disse...

Tienes un blog muy misterioso y sensual. Te dejo un cariñoso saludo.


pacobailacoach.blogspot.com