quarta-feira, 18 de março de 2009

... De olhos vendados


... Depois de convencermos a Madame Janine para não se preocupar com a cama, que trataríamos do assunto no momento oportuno, fomos almoçar rapidamente, tínhamos de seguir viagem... o P foi convidado por um amigo a passar o fim de semana em casa dele, era produtor de champanhe, de vez em quando convidava os amigos mais íntimos para convívio, já íamos chegar tarde, mas o culpado foi o P que se lembrou na véspera de ir ao cinema e como se não bastasse ainda tinha de trazer o livrinho das posições... resultado... dormimos a manhã toda... ainda tínhamos alguns quilometros pela frente em direcção a Reims... estava muito calor... tentei pôr os pés no tablier... mas desisti isso distraia o P e ele tinha de estar atento à estrada, quando chegamos fui apresentada a seis casais... o dono da casa cumprimentou o P com muita saudade e entusiasmo... a cara dele era me muito familiar, embora eu tivesse a certeza de nunca o ter visto... ele surpreendeu me varias vezes a olhar para ele e deve ter interpretado mal a minha insistência... o P foi me mostrar as caves e ele também quis acompanhar... M. era o nome dele, arrepiei quando entrei nas caves frias… rapidamente os meus mamilos se evidenciaram através do tecido fino do vestido… o M não parava de fixar a minha boca e os meus seios enquanto me explicava os vários processos antes do champanhe ser engarrafado,… cheguei mesmo a corar por uns instantes quando os nossos olhares se cruzaram… eu continuava a tentar me lembrar com quem ele era parecido… numa das curvas do túnel o P segurou me pela cintura e abrandou o passo e por uns segundos ficamos só nós, beijou me rapidamente os seios e a boca e continuamos novamente atrás do M. não parei de tremer até sair das caves, entretanto chegou a hora do jantar… era churrasco ao ar livre … a noite estava quente … muito quente … o pessoal estava muito animado e começaram a dar ideias de jogos no primeiro os homens arregaçavam as calças até aos joelhos punham se em cima das cadeiras e as mulheres uma a uma com os olhos vendados tinham de adivinhar quem era o seu parceiro por apalpação da perna sem ultrapassar o joelho, claro que por brincadeira tentavam quebrar a regra mas havia sempre alguém atento a chamar atenção com muita risada à mistura ... quando chegou a minha vez fiquei na duvida entre o quarto homem e o sexto as pernas eram idênticas… escolhi à sorte ... errei... escolhi o M... depois foi a vez deles adivinharem as mulheres .... não ia ser difícil o P acertar eu era a mais magra... à semelhança das mulheres os homens também tentaram quebrar as regras e queriam subir acima do joelho… o M demorou mais do que devia nas minhas pernas... tentei não dar importância... quando chegou a vez do P ele foi rápido a encontrar me mas fez questão de demorar e me acariciar as pernas atrás dos joelhos que me fez fraquejar... ele conhecia me bem... entre petiscos e mais uns copos de vinho os jogos continuavam desta vez tínhamos de adivinhar o parceiro através do beijo nos lábios e tinham de estar sentados ... eles já estavam habituados a esse tipo de jogos mas para mim era tudo novidade ... não ia ser difícil encontrar o P conhecia bem o seu cheiro e de olhos vendados aproximei me do primeiro eu sabia que não era ele mas a regra era tocar nos lábios... fiz igual aos dois seguintes... no quarto homem gostei do cheiro toquei nos lábios com curiosidade e gostei da sensação mas sabia que não era o P, nem o quinto nem o sexto nem o sétimo, se eram sete homens e ele não estava no meio é porque me estava a enganar... não estava a jogar limpo só ouvia risadas suspeitas atrás de mim… decidi entrar no jogo voltei a roçar novamente os lábios deles um a um até encontrar aquele que gostei do cheiro e para castigar o P beijei o com mais pressão ... várias vezes... ele retribuiu, não se comparava com a sensação de beijar o P mas foi bom, só paramos quando começaram a reclamar que estávamos a demorar... continuei a procurar .... encontrei o P ... bastou a minha cara se aproximar da dele senti o logo.... só passei muito de leve os meus lábios pelos dele... e levantei a venda rapidamente para ver quem era o quarto homem... era o M...

5 comentários:

VERTIGO disse...

De olhos vendados...imagino...você...


Beijos!!!

Momentos...volupté! disse...

Fantástica!!! Quando teremos a continuação??? Estou aqui só a imaginar como será este fim de semana, regado a champanhe e brincadeiras...

phantasia disse...

os sentidos... ouviste risadas... cheiras-te odores... tocas-te lábios... olhas-te curiosa... mas quises-te saborear seiva...

Lies on Lust disse...

Eu tambem quero brincar...
Estou anciosa pelo proximo capitulo;-)

Bjos

f.a disse...

Esse M amiga marcou-te.....quem era ele?Algum anterior namorisco?Huummmm....