quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

... Dor no peito

(foto de Alvaro Rioseco)
… Quando acordei demorei algum tempo a perceber onde estava e o que estava ali a fazer. Estava sozinha no quarto do aubergue, vi um bilhete na almofada era do P. “ desculpa te deixar só, não te acordei porque já estava muito atrasado, já estão à minha espera no aeroporto, depois explico te, beijo”. Agarrei me à almofada dele para sentir o seu cheiro e de olhos fechados veio me à memória a noite anterior… suspirei… espreguicei me….e… ahahahah… dei um pulo da cama… não podia ser tão tarde!!!! Não tardava estariam a bater à porta para eu sair. Vesti me apressadamente e dirigi me à recepção a correr e quase esbarrei com o empregado que já tinha instruções para me pôr fora do quarto…. que nervos… detestei o olhar dele. Dormi a manhã toda, agora tinha de acelerar, estava longe de casa e além dos compromissos que tinha reservado para esse sábado fui convidada para uma festa de aniversário da minha amiga E. Durante a tarde não parei de pensar no P. quem teria ele ido buscar ao aeroporto? Será que o Sr administrador desistiu da viagem? Se for verdade o P. segue o seu rumo para Itália e eu regresso ao piso 8… fiquei tão angustiada com esse pensamento. Entretanto chegou a hora de ir a festa da E. Apanhei boleia de outras colegas e fomos para um restaurante Marroquino, para nos deliciarmos com o típico couscous. Estávamos bem alegres e bem dispostas, quando o P. entrou acompanhado com uma belíssima mulher… o meu sorriso congelou… ele não me viu… sentou–se mais a frente de costas para mim…e a mulher que o acompanhava ficou de frente… senti me a ficar ruborizada… senti algo dentro de mim a doer… entrei dentro de um túnel sem som… eu só os via aos dois… ouvia muito ao longe alguém a chamar por mim… mas… só respondi quando me sacudiram… e me fizeram sair do túnel, eram as minhas colegas que estavam preocupadas com a minha reacção. Tentei disfarçar o melhor que pude… mas não consegui tragar mais nada … mil pensamentos povoavam a minha mente, afinal que sabia eu daquele homem?… seria casado?... noivo?... entregamos nos aos prazeres da carne sem sabermos nada um do outro… nunca fizemos perguntas… simplesmente nos entregávamos sem reservas… afinal o que sentia eu por ele? amor?,… atracção física?... eu não sabia…só sabia que me doía e muito vê-lo ali acompanhado por aquela mulher. Não sei a que horas acabou o jantar só sei que fui arrastada dali porque nem conseguia me levantar… ainda brincaram comigo a pensarem que eu tinha bebido demais… eu estava atordoada sim … mas não era da bebida, pelo menos naquele momento. Não me lembro de ter entrado na discoteca … nem de ter saído… só sei que acordei em casa da minha amiga E. com uma grandessíssima dor de cabeça...

5 comentários:

VERTIGO disse...

Então galera o ano se desfez

Mas vou avisando que foi um ano e tanto

Por tudo que vi

Pelas pessoas que conheci

Real ou virtual

Pelas trepadas que dei

Pelas chupadas que recebi

Pelas xanas que saboriei

Pelas fotos que publiquei

Todas de blogs e sites maravilhosos

Espero que algum prazer, tenha provocado...

E deixo cenas gostosas

De amor e sexo

De garotas e chupetas

Pois podem ter certeza eu adoro uma buceta

Mas vou deixar de ser chulo

Vou falar com delicadeza

Adoro essas mulheres, lindas princesas...

De corpos belos e que nos deixar a beira...

De uma loucura, de um tesão,

De um desejo que só a mulher sabe fazer...

Adoro essas meninas que curtem meninas

Da safadeza do dia-a-dia

Por isso espero que próximo ano

Possamos gozar muito e curtir a vida

Como dever ser.

Quero aqui agradecer a todos

Vou tirar férias, mas, volto...

Mais tarado que nunca

Pois quem não gosta de sexo

Bom sujeito não é

Ou é ruim da cabeça ou doente do pé.

FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO!!!

VERTIGO

f.a disse...

Aiiii.....exa dor tambem conheço,preferia nao conhecer,ser cega,surda e muda,e cada vez mais,nao ter coração!
Quem será a fulana?Eu tentava logo averiguar pra lhe fazer a vida negra...tipo...apagar-lhe o ficheiro de fotos!

Bento disse...

Não quero ser mau...mas...quem anda à chuva molha-se...e só há um remédio...comprar guarda chuva...e ben-huron para as dores de cabeça...
beijos

Dida disse...

Feliz Natal!!!:D
Beijos

Bento disse...

Já é tempo de curar a dor no peito...e vir mais um post...